Travessia Cruce de los Andes, de 14 a 19/01/2024.

0
2236

VAGAS: ESGOTADAS

A TRILHA

Saída: 14/01/2024
Chegada: 19/01/2024

Dificuldade:
Nível 8 - Intermediário

Investimento:
R$ 2.000,00

COMPRE AQUI

Sobre a Trilha

Trekking a pé da Argentina para o Chile pela rota do Capitão Lemos.

Informações básicas:
Quando: De 14 a 19/01/2024.
Local de encontro: Em Mendoza na Argentina.
Distância total: 49,792 km a pé, distância aferida por GPSMap 64s Garmin.
Vagas: Apenas 3 vagas.
Nível do trekking: Intermediário 8. O participante carregará tudo o que precisar na sua mochila cargueira. Os três camping não possuirão qualquer tipo de infra estrutura. Cada um será responsável por sua alimentação durante o evento.

Reserva da vaga (obrigatória):
Acima nesta página no botão RESERVE JÁ.
Entraremos em contato via WhatsApp cadastrado.

Ingresso da travessia (valor por participante):

R$ 2.000,00 via PIX CNPJ: 14.420.713/0001-19
Pagamento de 25% no ato da reserva e o restante até a data de começo do evento.
O comprovante deverá ser enviado para o WhatsApp 55984071646.

Está incluso:
• Transfer privado in/out
• 2 Estadias em Mendoza
• Kit de primeiros socorros
• Liderança da Luciana Moro
• Fotos digitais da atividade feitas com câmera profissional.
• Até 15% de desconto para compras de produtos na Bota na Trilha.
• Rastreamento seguro via Garmin inReach. Seus familiares saberão onde você está.

Não está incluso:
• Alimentação
• Equipamentos e vestuário de uso pessoal.
• Reembolso para objetos perdidos, esquecidos ou extraviados durante a realização do trekking.
• Em caso de desistência do trekking, por vontade própria, problemas de saúde ou qualquer outro motivo, o cliente será o responsável pelos custos extras decorrentes da desistência.
• Devolução do valor pago em caso de abandono do evento. Seja por desistência, problemas de saúde ou qualquer outro motivo que o impeça de continuar a participar da expedição. Não haverá devolução de serviços não utilizados como o seguro, transportes, honorários de guias e quaisquer outros serviços que façam parte do programa.

Dúvidas e informações:
@clubetrekking no Instagram.
Facebook do Clube Trekking.
E-mail: trilhas@clubetrekking.com.br
Telefones: 55 3317 3400 – 55 98407 1646 (WhatsApp).

Pontos visitados

TRAVESSIA CRUCE DE LOS ANDES ENTRE YARETAS NA ARGENTINA E TERMAS DEL PLOMO NO CHILE.
Cruce de los Andes

O que levar

  1. Barraca três estações pesando no máximo 2,5 kg.
  2. Mochila semi cargueira ou cargueira com barrigueira adequada ao transporte de peso.
  3. Saco de dormir com temperatura de conforto de 0 ºC.
  4. Isolante térmico adequado a temperatura noturna.
  5. Anoraque impermeável e respirável com capuz.
  6. Vestuário adequado a prática esportiva e ao clima no período.
  7. Se desejar refeições quentes leve fogareiro, cartucho à gás, panela e utensílios.
Enviaremos pelo WhatsApp um checklist para os participantes que confirmarem o pagamento.

Informações técnicas

Itinerário:
Dia 1.
Encontro em Mendoza. Incluso pernoite em hospedagem do tipo Airbnb.
Dia 2. Após o café da manhã realizaremos compra da alimentação em um mercado local. Deslocamento de 128 km até Cajón de Arenales a 2580 metros de altitude. Pernoite em barraca.
Dia 3. Deslocamento em 4×4 até o acampamento Yaretas a 3545 m, onde começará o trekking. Caminhada de 18,83 km até a Refúgio Real de la Cruz a 2870 metros de altitude.
Dia 4. Pela manhã bem cedo atravessaremos o rio Tunuyán a cavalo. Caminhada de 14,32 km até o acampamento a 3105 metros de altitude.
Dia 5.
Caminhada de 16,57 km até as Termas del Plomo. Acampamento a 2980 metros de altitude.
Dia 6. Realizaremos os tramites aduaneiros e começaremos o retorno terrestre de 480 km para Mendoza. Incluso pernoite em hospedagem do tipo Airbnb.

Altimetria da travessia: Aclive acumulado de 2374 metros e declive acumulado de 2945 metros, portanto, trekking com muitíssima subida e descida acumuladas, recomendo o uso de bastões de trekking.

Ponto de menor elevação: 2847 metros de altitude. Ponto de maior elevação: 4347 metros de altitude. Altitude média: 3383 metros.
Inclinação máxima de aclive 33,5%. Inclinação máxima de declive -47,4%.
Média de inclinação aclive/declive: 9,0% e -11,9% respectivamente.

Outras informações

Condutora deste trekking:
Luciana Moro
Educadora Física
Guia há 10 anos.
Atleta Deuter no Brasil.
Montanhista desde 2011.
Segunda mulher brasileira com mais cumes andinos diferentes acima dos 6000 metros (totalizando 20): Aconcágua (6962m pela rota 360º), Ojos del Salado (6893m – 2x),
Pissis (6795m), Mercedário (6720m – 2x), San Francisco (6018m – 3x), Fraile (6061m), Barrancas Blancas (6119m – 2x),
Vicuñas (6067m – 2x), Peñas Blancas (6037 – 2x), Ermitaño (6146m – 2x) e Nevado Famatina (6115m),
Bonete Chico (6759m), Aracar (6095m), Quewar (6140m),
Llullallaico (6752m – 2x), Antofalla (6440m), Laguna Blanca (6018m), Solo (6205 m), Copiapó (6052 m), Patos (6239 m).
Sócia proprietária do Clube Trekking Santa Maria e da Loja Bota na Trilha.


Regulamento do evento:

1. A travessia será realizada com grupo mínimo de 2 e máximo de 3 clientes.
2. Conforme condições climáticas, rendimento do grupo e outros motivos de força maior, o percurso da travessia poderá ser alterado. Seja para a segurança de todos ou para manter o horário do retorno.
3. As atividades do Clube Trekking são do tipo trekking, ou seja, são caminhadas pesadas em ambientes naturais (não é passeio). Não é uma atividade física recomendada para pessoas com obesidade, problemas cardíacos, lesões de qualquer tipo como nos joelhos/articulações, diabetes, osteoporose e outras doenças graves. Por se tratar de um esporte de aventura o participante está exposto à riscos, tais como: quedas ocasionadas em locais escorregadios ou aclives/declives acentuados, picadas de insetos ou animais peçonhentos, mordida de cachorro, arranhões, alergias devido a flora e fauna, afogamento, hipotermia ou hipertermia dependendo das condições climáticas, etc. Portanto, é necessário atenção e seguir à risca as informações que o condutor repassar sobre a segurança no local. Verifique sempre se seu condicionamento físico é compatível com o nível do evento.

Política de cancelamento e devolução:
Caso o participante desista ou cancele a participação na travessia, independente do motivo, aplicam-se as seguintes tabelas de percentual de valor de multa rescisória. Estas de acordo com a antecedência da desistência em relação ao dia de início do evento contando a partir da manifestação por escrito (e-mail ou WhatsApp):

Antecedência Valor da multa rescisória
mais de 30 dias 10% do valor total
entre 30 e 25 dias 20% do valor total
entre 24 e 21 dias 35% do valor total
entre 20 e 11 dias 50% do valor total
entre 10 e 7 dias 70% do valor total
menos de 7 dias 100% do valor total

Observações:
Não nos responsabilizamos por custos de remarcação/cancelamento de passagens aéreas/ônibus.
Esta política está de acordo com a deliberação normativa nº 161 de 09 de agosto de 1985 da EMBRATUR.


Deixe seu comentário: